Home / Criação e ficha técnica / Saiba quais devem ser as competências de um Estilista

Saiba quais devem ser as competências de um Estilista

Se você não quer ser apenas mais um estilista no mercado, entenda quais são as competências necessárias para ser um profissional essencial nesse segmento altamente competitivo.

O estilista é um profissional chave dentro do desenvolvimento de coleção. Seu trabalho norteará toda a cadeia produtiva até chegar ao consumidor final, de forma a atender suas expectativas ou mesmo surpreendê-las. No entanto, essa profissão exige uma série de conhecimentos, habilidades e atitudes que tornam o estilista um profissional estratégico na empresa, se bem alinhado com essas competências.

A competência profissional pode ser descrita e avaliada através da junção de três elementos: o Conhecimento, a Habilidade e a Atitude. Essa teoria é muito disseminada na gestão de pessoas e conhecida como CHA, a letra inicial de cada um desses pontos.

Conhecimento é o sabor teórico, presente apenas na mente do profissional. Habilidade é o saber fazer. A habilidade, em regra, depende de prática, treino, erros e acertos. Atitude está ligada a ação. Não adianta ter conhecimento e habilidade e não ter atitude. Atitude é querer fazer. Conhecimento se adquire estudando, habilidade vem com a prática e a atitude vem da própria pessoa. Conhecimento se ensina, habilidade se disciplina, mas atitude vem de cada um. Veja abaixo quais competências são essenciais para esse profissional:

Conhecimento em competências

  1. Formação de nível técnico ou ensino superior em Design de Moda ou em Estilismo;

  2. Cursos livres em Desenho de Moda, Modelagem Básica, Costura Básica e Planejamento de Coleção;

  3. Cursos livres em Modelagem Avançada e em Gestão Avançada da Coleção são diferenciais;

  4. Além dos conhecimentos formais, é necessário entender que um produto é formado por questões objetivas e subjetivas e estar constantemente atualizado para buscar o equilíbrio entre inovação e o mercado.

Habilidades

  1. Dominar técnicas de desenho de croqui e de desenho técnico de moda que transmitam ao modelista, de forma fidedigna, o que o estilista pretende em uma peça;

  2. Dominar o panejamento de diferentes tipos de tecidos, o caimento que cada um proporciona, para escolher a melhor matéria-prima para o modelo criado;

  3. Ter habilidade em cálculo de custo do produto, registrando o custo das matérias prima escolhidas e o consumo de cada uma, de modo a alcançar o target de custo da peça;

  4. Ter habilidade em de modelagem, costura e produção, que contribuem para o desenvolvimento de um desenho com o detalhamento necessário para que a peça seja modelada e costurada com maior assertividade;

  5. Ter noções do fluxo produtivo da cadeia têxtil e de vestuário como um todo;

  6. Ter noções de como a peça desenvolvida afeta o meio ambiente e social, verificando o que pode ser feito para melhorar tal impacto;

  7. Ter habilidade para trabalhar com equipes multidisciplinares.

Atitudes

  1. Verificar qual valor a empresa deseja entregar ao seu consumidor, de modo a atender da melhor forma possível seus desejos e necessidades;

  2. Envolver-se com outros setores na busca por conhecimento de como funciona a cadeia de desenvolvimento de um produto e quais as tecnologias envolvidas, pontos que contribuem para a criação de modelos viáveis dentro da realidade produtiva da empresa;

  3. Estudar coleções anteriores e números de vendas disponibilizados pela empresa;

  4. Aprofundar-se no estudo do planejamento estratégico da empresa, de modo a entender sua missão, visão, valores e objetivos;

  5. Pesquisar constantemente sobre tendências, mercado e comportamento;

  6. Manter seu fluxo de trabalho organizado e transparente para toda a empresa;

  7. Empregar seu tempo de forma produtiva;

  8. Buscar as melhores soluções para os problemas decorrentes do dia-a-dia de trabalho.

“Uma pessoa inteligente resolve um problema, um sábio o previne.”
Albert Einstein

Seja sábio e se antecipe aos problemas, agindo como um profissional que facilita a comunicação interna e é um forte apoio para todas as áreas da marca de moda. Tenha a certeza de que profissionais que reúnem essas competências se destacam nesse no mercado de moda.

Solicite treinamentos exclusivos através deste link. Envie perguntas e sugestões de posts para o e-mail [email protected].

Sobre Luiza Freitas

Co-founder e Presidente da Fashion Office Especialista em Planejamento e Gestão da Coleção

Veja também

Crie o seu produto de moda

Como criar um produto de moda?

Saiba que criar um produto de moda não é uma tarefa difícil. Tudo que você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Watch Dragon ball super