Home / Empreendedorismo e negócios / Fluxo de Caixa: Mantendo o controle diário

Fluxo de Caixa: Mantendo o controle diário

Quando falamos de economia e negócios, existem alguns termos que são muito importantes. Capital de giro, lucro, pró-labore, investimentos, etc. Um dos termos mais importantes e que precisa de nossa atenção total é o conhecido fluxo de caixa. Mas o que você sabe sobre ele?

No post de hoje vamos te ajudar a desvendar todos os detalhes do fluxo de caixa voltado ao mercado de moda. Vamos explicar o que significa o termo, como devem ser os cálculos e aonde você pode encontrar uma planilha para o controle do seu fluxo de caixa diário e mensal. Quer aprender como? Então vamos lá!

O que é fluxo de caixa

O fluxo de caixa pode ser considerado como uma ferramenta para a gestão financeira de uma determinada empresa. Com este recurso é possível projetar todas as entradas e saídas futuras, permitindo ter uma noção de como será o saldo de caixa da instituição em determinado período. Se a empresa for de moda, isso também se aplica, levando em conta os aspectos dessa específica.

Se sua empresa possui um fluxo financeiro documentado e organizado, analisar o fluxo de caixa será algo simples. Entre outras vantagens, essa ferramenta tem a habilidade de te ajudar na tomada de decisão. Através da análise de dados financeiros do passado ela te ajuda a projetar o orçamento futuro.

Como é um recurso dinâmico, o fluxo de caixa deve se adaptar às necessidades da empresa. Dessa forma é mais fácil extrair insights reais a respeito do negócio, ao invés de adaptar suas operações a um recurso pré-configurado.

Com a análise do fluxo de caixa, é possível extrair as seguintes informações financeiras:

  • Estrutura Gerencial de Resultados
  • Análise de Sensibilidade
  • Cálculo de Rentabilidade
  • Lucratividade
  • Ponto de Equilíbrio
  • Prazo de retorno do investimento

Ou seja, toda empresa deve ter uma análise precisa do seu caixa. Mas aí fica a dúvida: como fazer este cálculo? Vamos ver!

fluxo de caixa
Figura 1 – Confira como obter a planilha no final deste texto!

Como fazer o fluxo de caixa

Em termos gerais, o fluxo de caixa é o saldo disponível após a contabilização da diferença entre os valores recebidos e pagamentos realizados para um período específico. Esse valor pode estar disponível em dinheiro no caixa da empresa, ou nos bancos e serviços financeiros.

Sabendo disso, existem passos para que o cálculo seja feito da maneira correta. Vejamos quais são eles:

1. Comece pelo básico

A primeira coisa que devemos incluir no cálculo do fluxo de caixa são os valores que já conhecemos. Todas as ‘contas a pagar’ e ‘contas a receber’ além de qualquer compromisso que for previamente sabido devem estar presentes.

2. Estime custos variáveis

Na parte de ‘contas a pagar’, inclua aqueles valores que variam entre cada mês, como impostos, contas de consumo (água, luz, telefone), folha de pagamento, etc. Para que a estimativa seja feita da melhor forma possível, analise o vencimento de cada conta e recorrência, para estima-las com melhor precisão.

3. Vendas, recebimentos e pagamentos

Se sua empresa tem uma boa incidência de vendas à vista, conte com o valor médio das vendas diárias. Envolva neste cálculo os meses em que o movimento é melhor e pior. Na hora de estabelecer uma margem de erro, seja conservador. Afinal, se for pra errar, que seja para ter o menor prejuízo possível.

Como costuma-se dizer no mercado financeiro,

despesas são quase sempre certas e receitas quase nunca.

Quando se fala de moda, isso significa tudo o que envolve vendas de produtos e recebimentos. Segue uma lista de itens que podem ser colocados como recebimentos e pagamentos:

Recebimentos

  • Vendas à vista
  • vendas a prazo, em cheques (inclusive pré-datados)
  • duplicatas, cartões
  • rendimentos de aplicações
  • outros recebimentos gerais
fluxo de caixa
Figura 2 – Aprenda como gerenciar o seu fluxo de caixa na moda

Pagamentos

  • Fornecedores (matéria-prima, serviços de entrega)
  • despesas bancárias e financeiras
  • salários e encargos de funcionários
  • comunicação (telefonia, internet, correios etc.)
  • manutenções (equipamentos, veículos, prédios, estoque, loja de fábrica etc.)
  • retirada pró-labore (salários dos sócios que trabalham na empresa)
  • serviços de terceiros (contador, advocacia, call-center etc.)
  • impostos e contribuições
  • materiais (escritório, copa, limpeza etc.)
  • investimentos realizados
  • amortização de empréstimos
  • dívidas

Em resumo, estes são os passos necessários para se fazer um fluxo de caixa completo e funcional no âmbito da moda:

  1. Realizar o registro diário de todas entradas e saídas;
  2. Projetar as despesas e recebimentos futuros;
  3. Analisar o saldo todos os dias e para períodos futuros;
  4. Havendo déficit, tomar decisões sobre a necessidade de capital de giro;
  5. Em caso de superávit, adotar medidas de investimento e aplicação do recurso.

Fluxo de caixa diário e sua importância

A maior vantagem de ter um controle diário do seu fluxo de caixa é ter uma visão de perto da saúde financeira do negócio. Assim é possível medir o impacto de cada ação diária na contabilidade da empresa, tanto se ela for de moda ou outra área. Quando você cuida com frequência das contas, existe uma noção do que acontece. Mas quando você diminui essa frequência para todos os dias, a precisão é ainda maior.

O que fazer depois do fluxo de caixa

Depois que você realizou os cálculos do fluxo de caixa, várias dúvidas podem surgir. Pode ser que nas primeiras vezes seja difícil de entender ou realizar todos os cálculos, mas não desista, pois esse é um recurso muito importante para sua empresa. Para isso, tire proveito de ferramentas como o Excel, que automatizam este processo. No final do texto te ensinaremos como fazer isso.

Ao analisar os dados obtidos, cuidado para não interpretar saldos positivos e negativos como lucro ou prejuízo, respectivamente. O saldo final é apenas um valor diário que está disponível, mas os cálculos para descobrir o prejuízo ou lucro são outros.

Como manter a margem de lucro da coleção

Saldos negativos

Se forem encontrados saldos negativos, deve-se analisar o motivo deles aparecerem. Veja se eles ocorrem pela falta de pagamento dos clientes, por quedas nas vendas ou atrasos no recebimento. Uma das coisas que pode originar saldos negativos é uma grande diferença nas datas de recebimento e pagamento. Para isso, trabalhe nestas datas e com um capital de giro mais efetivo.

Instabilidade

Se for percebido que meses com grande desempenho ou com vendas baixas acontecem de tempos em tempos, adapte seu negócio para que essas diferenças sejam neutralizadas. Assim você conseguirá investir durante períodos de caixa positivo e ter recursos quando o saldo estiver em baixa. Como sabemos, o mercado de moda pode ser bem instável em alguns períodos.

Agora que você já conhece o fluxo de caixa e como calculá-lo, que tal obter uma planilha para isso? Veja como!

Nossa solução para fluxo de caixa

A Fashion Office, durante o atendimento a diversas empresas de moda, desenvolveu sua própria planilha de fluxo de caixa diário e mensal. Você pode ter acesso a essa planilha através do Fashion Doc Box, que é um pacote de documentos para empreendedores de moda.

Entre as diversas ferramentas disponíveis você pode encontrar inúmeros modelos de documentos que serão mais do que úteis para o seu dia-a-dia como empreendedor de moda. Entre eles você encontrará Planilhas para Cálculo de Custo do Produto, Modelos de Briefing para Estamparia e muito mais. Não deixe de adquirir!

Aproveite um super desconto!

Se você leu este post até aqui, parabéns! Você acaba de ter acesso ao pacote completo por um preço promocional: De R$249,90 por apenas R$49,90! Clique no botão abaixo e adquira agora mesmo. Com esse pacote você terá uma série de planilhas e modelos de documentos que poderá ser usados para otimizar seus negócios. Entre eles temos planilhas financeiras, modelos de ficha técnica e muito mais.

Sendo assim, clique abaixo e adquira nosso pacote com o desconto exclusivo!

Sobre Julio Ribeiro

Diretor Financeiro Engenheiro e analista no setor financeiro

Veja também

5 formas para fidelizar clientes no e-commerce

Você criou um e-commerce para seu negócio, começou a vender e conseguir lucro, mas percebeu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Watch Dragon ball super