Home / Empreendedorismo e negócios / Como calcular o markup da minha coleção

Como calcular o markup da minha coleção

Quem trabalha com moda pode se encontrar com a seguinte dúvida: como calcular a fórmula markup de moda? O cálculo não é difícil, mas muitas vezes não sabemos por onde começar, ou sequer o que é o mark-up de coleção. Se este é seu caso, fique tranquilo, iremos solucionar este problema hoje!

Neste post você aprenderá o que é markup, como ele se aplica e qual é a fórmula markup de moda! Você saberá também como calcular rapidamente este valor e usá-lo junto de várias ferramentas de gerenciamento, através da Fashion Doc Box. Não deixe de conferir!

O que é markup e para quem serve?

O markup é um índice que permite ter um controle total sobre o preço de venda, custos e margem de lucro desejada para seus produtos e coleções. Ele é um recurso muito importante para toda e qualquer empresa que busca saber quais são os limites financeiros que envolvem aquilo que ela produz.

A fórmula markup de moda serve para que empresas do setor fashion consigam ter esses limites de maneira rápida e simples. Para entender melhor como o markup é calculado, vamos entender primeiro como ele é definido:

Figura 1 – Aprenda a calcular o markup aqui!

O que compõe o markup

Existem três pontos que definem o que é o markup, que são:

  • Índice multiplicador. Ele é um número que se multiplica com o custo direto. Com isso se encontra o preço de venda, que abrange todos os custos e garante a lucratividade esperada.
  • Precificação. Pode ser considerado um método de precificação com base no custo do produto, sendo fácil de utilizar. É possível, por exemplo, calculá-lo no momento da venda, para conceder ou não descontos. Um mesmo produto pode ter mais de um markup, mudando o lucro esperado.
  • Composição. O markup é composto por: despesas fixas, despesas variáveis e margem de lucro estimada. Estes valores são então multiplicados pelo preço de custo do produto, encontrando-se assim o preço de vendas.

Agora que você entendeu como ela é composta, vamos nos aprofundar um pouco mais, e mostrar quais são os valores envolvidos na fórmula markup de moda.

Valores variáveis

São 4 os itens que compõem a fórmula markup de moda, os quais são:

  • Despesas Fixas
  • Despesas Variáveis
  • Margem de Lucro
  • Custo Direto

Vamos explicar cada um destes termos mais a fundo:

Fashion Law: o Direito na Moda

Despesas Fixas

Elas são consideradas como todos os gastos que não estão diretamente ligados ao custo do produto. Podemos citar como exemplo as despesas administrativas, comerciais e financeiras.

Despesas Variáveis

São aquelas despesas que acontecem junto da venda, que podem ser exemplificadas através dos impostos e comissões pagas aos vendedores após a venda.

Margem de lucro

Esta é fácil. É aquele valor que se espera ganhar após uma venda ser realizada. Este valor não conta com os gastos, sendo destinado à empresa e não aos sócios.

Custo direto

É o valor gasto para a produção daquele produto. Por exemplo: para uma empresa de moda, é o gasto que envolve os salários, mão-de-obra, e todos os demais gastos de produção.

Sabendo de todos estes detalhes do markup, vamos entender melhor como funciona a fórmula markup de moda.

Fórmula Markup de moda

Quando falamos desta fórmula na moda, ela muda um pouco. Não porque seja um cálculo diferente, mas sim porque cada setor tem custos e práticas de mercado diferentes uns dos outros.

Despesas

No caso de empresas do setor fashion, as seguintes despesas devem ser consideradas:

  • Imposto de venda do produto: impostos relacionados ao processo de venda do produto. Um deles, por exemplo, é o ISS, imposto que varia de acordo com cada estado brasileiro;
  • Comissão de vendas: como já falado anteriormente, é aquela porcentagem que o vendedor recebe após a venda;
  • Inadimplência: é necessário ter uma taxa de inadimplência já que não se pode confiar 100% na credibilidade dos clientes. Esta taxa acaba funcionando como uma forma de seguro contra não-pagamentos;
  • Taxas e tarifas: Aqui entram taxas como da máquina de cartão de crédito, por exemplo;
  • Pró-labore dos sócios: é a remuneração que cada sócio recebe por suas funções administrativas;
  • Lucro: o principal objetivo de uma empresa é o lucro. É bom lembrar que ele é da empresa e não dos sócios.

Custos

Os custos para a fórmula markup de moda são:

  • Matéria-prima: todos os gastos com tecidos, aviamentos, etiquetas e materiais em geral;
  • Mão-de-obra: Gastos provenientes dos processos de moda, como corte, costura, estamparia e embalagem.

Além disso, é necessário considerar o custo de desenvolvimento do produto e ratear essa despesa pelo número de peças produzidas. Assim você terá todos os gastos calculados e prontos para colocar na fórmula.

Agora é a hora de ver como a fórmula deve ser, enfim, utilizada. Vamos ver:

Como calcular o markup

Figura 2 – Fórmula do markup

A fórmula markup de moda é fácil, só precisa de atenção na hora de ser aplicada. A forma mais fácil de entender é se dermos um exemplo. Vamos lá:

Considere em nosso exemplo que sua marca precisa arcar com:

  • 6% de impostos sobre as vendas
  • 30% de comissão de vendas
  • 4% de frete
  • 4% de inadimplência
  • 4% de taxas e tarifas
  • 15% de lucro

Considerando esses percentuais e aplicando a fórmula, teremos o seguinte resultado:

fórmula markup de moda
Figura 2 – Primeiro cálculo

Considere também que a soma das despesas administrativas é de R$ 10 mil ao mês, incluindo o pró-labore dos sócios. Além disso, você teve os custos com pilotagem do produto e mostruário, de R$ 300,00 por modelo. A sua projeção de vendas total ao mês é de 650 peças, mas desse modelo em específico, de 150 peças.

Figura 3 – Segundo cálculo

Você já somou os custos diretos de matéria-prima (R$ 88,43) e de processos para produção (R$ 30,00). Adicionando os custos e despesas calculados acima, o total do produto é de R$ 135,81.

Figura 4 – Terceiro cálculo

Aplicando o mark-up de 2,70270273 sobre o custo total de R$ 135,81, chegamos ao preço mínimo de venda de R$ 367,06.

Isso significa que o produto deve ser vendido a pelo menos esse preço para pagar todos os custos e despesas envolvidos nos processos de desenvolvimento, produção e venda da coleção de moda.

Mas o que acontece quando fazemos uma liquidação ou precisamos dar desconto sobre o produto?

Quer saber mais sobre markup na moda?

É sobre isso que vamos tratar no próximo post sobre finanças aqui na Fashion Office. Inscreva-se no nosso blog e acompanhe os nossos conteúdos semanais!

Gostou da nossa explicação sobre markup?

A planilha que utilizamos aqui para cálculo do mark-up nesse exemplo está disponível para ser adquirida juntamente com o nosso Fashion Doc Box: um pacote de documentos essencial para quem tem uma marca de moda.

Sobre Julio Ribeiro

Diretor Financeiro Engenheiro e analista no setor financeiro

Veja também

O “Made in Brazil” vai desaparecer?

Se existe algo que incomoda os produtores de moda brasileiros, isso é o mercado externo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Watch Dragon ball super