Home / Empreendedorismo e negócios / O que a GAP pode ensinar para a sua marca

O que a GAP pode ensinar para a sua marca

Recentemente a GAP foi notícia em diversos meios de comunicação por uma situação inusitada: uma garotinha de cinco anos chamada Alice Jacob escreveu uma carta para empresa pedindo que a loja considerasse vender uma variedade maior de roupas para as meninas. Segundo ela, as peças são todas “rosa e cheias de princesa”.

O inusitado não foi receber a carta, mas o próprio CEO da Gap, Jeff Kirwan, ter decidido responder a carta. Seu conteúdo foi disponibilizado para o jornal The Washington Post, leia a carta abaixo:

“Olá Alice,
Eu li as cartas que você enviou e queria ser o único a te responder. Sou o Jeff e sou o presidente da Gap. Você parece uma garota muito legal e com muito estilo.

Na GapKids, tentamos sempre oferecer uma ampla gama de opções para meninas e meninos. Isto inclui uma seleção para meninas com dinossauros, tubarões, futebol e alguns super-heróis.

Nossa coleção mais recente da Disney inspirada em A Bela e a Fera também é sobre a força das meninas. Isso é algo muito importante para nós.

Mas você está certa! Eu acho que podemos fazer um trabalho melhor oferecendo ainda mais opções. Eu conversei com nossos designers e vamos trabalhar em coisas ainda mais divertidas que eu acho que você vai gostar.

Entretanto, vou lhe enviar algumas de nossas camisetas da coleção mais recente. Por favor, nos dê sua opinião sobre elas! Os comentários de nossos clientes são muito importantes para nós e eles nos ajudam a criar produtos ainda melhores.

Obrigado novamente,
Jeff”

Além da brilhante estratégia de marketing de Jeff, anunciando o recebimento da carta e a sua resposta, essa atitude coincide com um pensamento muito forte de empoderamento feminino.

Um vídeo que ficou muito famoso na internet foi o da menina de 8 anos chamada Daisy Edmonds que criticou as frases estampadas nas camisetas das meninas na Tesco. De acordo com Daisy, “se espera que as meninas sejam bonitas e que os meninos sejam aventureiros”. Assista o vídeo completo a seguir.

E o que a sua marca tem a ver com tudo isso? A verdade é que o empoderamento do consumidor de moda só aumenta dia após dia e esses exemplos mostram que o público infantil não foge à regra. Para ser sincera, a Moda Infantil enfrenta o grande desafio de cativar as crianças que consomem o produto e também os responsáveis que pagam pelas roupas.

Uma reclamação pode se tornar um grande trunfo ao seu favor. Procure olhar a opinião crítica do seu cliente com outros olhos e transforme uma situação negativa em algo positivo para cativar ainda mais clientes.

Envie perguntas e sugestões de posts para o e-mail [email protected].

Sobre Luiza Freitas

Co-founder e Presidente da Fashion Office Especialista em Planejamento e Gestão da Coleção

Veja também

Dicas para planejar a Black Friday

Está chegando mais uma Black Friday, que já está sendo considerada a data mais lucrativa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Watch Dragon ball super